sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Temporal de sentidos

Ecos de trovoada
bradas o meu nome
a cada relâmpago meu
enchendo-te o céu
Buscando-te o fundo
em golpes dementes
Rebentar-te o corpo
Enchi-te de mim
Temporal de sentidos
chuva gemida
Tudo e todo

3 comentários:

  1. Em desvairios teus,
    Estocadas nas entranhas,
    Suores e tremores,
    Insanas façanhas,
    Ao fundo do âmago,
    No corpo que peço e clamo,
    Em lume ora ardido,
    Ora brando...

    Sempre Momentos!
    ;)

    Beijo libertyo

    ResponderEliminar
  2. Neguinha beijos em ti ;)

    Libertya Sempre Tu ;) beijo

    ResponderEliminar