sábado, 1 de agosto de 2009

Não

Abafo-te o grito
silencio-te a negação
duma mão na boca
oferenda a mim
teu orgulho apertado
empurrando-me
proibido possuido
Abandonando-te a meio
impropérios gritados
às minhas costas
agora voltadas
qual déspota
por ...
momentos

8 comentários:

  1. Palavras máginas que tão bem completam uma foto por de mais sensual!

    Gostei...

    NoVO POsT EM:

    EROTICAMENTE FALANDO

    ATREVE-TE COM MIL BEIJOS MEUS

    ResponderEliminar
  2. Tiranízame con ese amor déspotico que cantas en estos versos

    ResponderEliminar
  3. momentos assim me apetecem...

    Beijos doces em teu coração meu amigo!!!

    Uma bela semana !

    ResponderEliminar