sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Enigma

Bela e sinuosa na atracção
Insinua-te provocando-me sem pudor,
mulher enygma de meus sonhos
Arqueia-te , rins apoiados em minhas mãos
Provar-te onde és mulher;
Este fogo que me queima de desejo
Contorce-te gemendo ensandecida
confins do teu ser , penetro lingua minha
e por fim geme em  êxtase,
Prelúdio do que quero me encha a boca.
Que me escorra de ti em mim ...
porque eu ávido do teu vir.

7 comentários:

  1. Um enygma de mulher, uma paleta de cores, cheiros e sabores. Os 5 sentidos levados ao êxtase... como os teus posts.

    Beijo libertyo ;)

    ResponderEliminar
  2. Enygmas em sussurros desmedidos, ávidos de Sentir...

    ResponderEliminar
  3. sou loura falsa ... não esqueças ... beijo

    ResponderEliminar
  4. DocePecado sei-o...ao pormenor. Não esqueço. Bjo

    ResponderEliminar